quinta-feira, 25 de junho de 2009

Mariana Valadão


Os Sonhos de Deus Na Vida de
Mariana Valad�o Toque Deus 02
MARIANA

VALADÃO



Aos 24 anos, ela vive os sonhos que Deus escolheu para sua vida e ministério. Mineira, de Belo Horizonte, integrante do Ministério de Louvor Diante do Trono e pastora da mocidade da Igreja Batista da Lagoinha juntamente com seu esposo, o pastor Felippe Valadão.
Com um sorriso angelical e uma voz doce, Mariana Valadão lançou seu primeiro CD Solo, que leva o seu próprio nome, com o selo da Bello Group Internacional.
“Eu nunca premeditei a gravação deste CD. Recebi o convite do meu primo Lester, presidente da Bello Group, que me surprendeu com o desafio de gravar o meu primeiro projeto solo. Hoje, percebo que quem sonhou foi Deus e vejo que tudo está acontecendo no tempo certo. Não tenho como expressar, é além do que imaginei. Sempre sonhei com coisas grandes e tenho construído a minha vida em caminhos que aos meus próprios olhos são desafios enormes, mas Deus diz, em Isaías 55.9: ‘porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos’. Estamos surpresos com tudo que Deus está fazendo”, frisa Mariana.
A prova de que este projeto fazia parte dos planos de Deus é que, certa noite, Mariana sonhou estar gravando um CD internacional. Dias depois, recebeu o convite, confirmando o que o Senhor havia mostrado.
“O interessante é que eu nunca lembro dos meus sonhos, mas este foi muito marcante”, diz ela. As músicas são sucessos de compositores internacionais, cantadas em português, com versões feitas por sua irmã, Ana Paula, e por Mauricio Fragalle, amigo do casal.
A gravação foi no estúdio do Diante do Trono, em Belo Horizonte, por Ruben di Souza, conceituado produtor no cenário musical. São 12 canções que falam sobre amor, fidelidade, grandeza e intimidade com Deus.
Com um estilo bem íntimo, o CD conta com participações especiais de seus irmãos, Ana Paula e André, e do seu esposo Felippe.
Mariana começou a cantar ainda criança na Batista da Lagoinha, Igreja liderada pelo seu pai, o Pr. Márcio Valadão. Em 2000, recebeu o convite de Ana Paula para integrar o Ministério de Louvor Diante do Trono. A partir daí, sua voz fez parte de todas as gravações, somando 15 CDs. Seu primeiro solo foi na canção Quero Tocar-Te, do CD Quero me apaixonar. Essa canção a projetou para o cenário da música gospel no Brasil. “Glorifico a Deus pela música Quero Tocar-Te, pois, ela expressa a verdade do mais fundo do meu coração”.Casados há um ano e meio, Mariana e Felippe foram consagrados pastores em Dezembro de 2007, sendo o casal mais jovem de líderes servindo ao Senhor na Igreja Batista da Lagoinha. Ao lado do esposo, ela busca ser um referencial para a juventude cristã.
Mariana Valad�o Toque Deus 01“Sempre sonhava com um homem que me acompanhasse em tudo o que eu fizesse e, como Deus sempre nos surpreende, no meu casamento não foi diferente. Um dia, me posicionei e descansei no Senhor que me trouxe o Felippe. Ele é minha solidez, meu grande amigo, incentivador e companheiro”, afirma.
Fonte:Revista Show Gospel




CANTORES GOSPEL

HOMENAGEM AO ARTISTA NO PROGRAMA RAUL GIL

Lazaro 04/07/09

A história de vida contada na Homenagem ao Artista dessa semana é surpreendente e tem muito a ensinar a todos nós. Lazaro nasceu em Salvador e no final da adolescência obteve grande sucesso ao lado do mundialmente famoso grupo afro Olodum. Contudo, durante sua trajetória alguns obstáculos se mostraram intransponíveis durante um tempo considerável.

“A pior coisa do mundo pra uma pessoa que está no fundo do poço é quando ela descobre que tem ainda mais para descer.”

Apesar do êxito profissional, o aspecto pessoal da vida de Lazaro estava muito abalado com a dependência química. Foram oito anos entregues ao vício das drogas. A solução definitiva para Lazaro chegou aos 32 anos de idade, quando se tornou evangélico. Ele retomou sua carreira com o viés gospel e se tornou um verdadeiro fenômeno do gênero.

O sucesso dele é tamanho, que no final da homenagem ele não conteve a emoção ao receber o disco de platina e de diamante pela vendagem expressiva de seu mais recente trabalho.

No programa Raul Gil ele recebeu lindas homenagens dos calouros. Confira as músicas interpretadas.

Thaís SéliguerDeus vai fazer
Elias dos SantosMorar no Céu
Gabriela RochaMeu Mestre
Thalita Pertuzzati Amigo

Quer saber mais sobre Lazaro: (Por Matheus Colen)

Irmão Lazaro nasceu na cidade de Salvador em meados dos anos 60. Apesar de ter demonstrado interesse pela música somente no final da adolescência, ele desenvolveu rapidamente um grande talento.

Lazaro comprou o primeiro violão aos 18 anos de idade e pouco tempo depois já acompanhava bandas na noite de soteropolitana. Com o grupo afro Olodum ele viajou por todo o Brasil e para diversos cantos do mundo.

Na trajetória de Lazaro apareceram grandes obstáculos. O primeiro contato com as drogas se deu ainda na adolescência. Esse envolvimento aumentou com o passar do tempo e Lazaro entregou oito anos de sua vida ao vício. O problema só foi superado aos 32 anos de idade, quando se tornou evangélico. Desde então, o ministério de Lazaro não passa de crescer.

O primeiro CD foi gravado no ano 2000. Nessa época Irmão Lazaro subia ao palco sozinho para apresentações de voz e violão. Atualmente o cantor conta com a companhia de onze músicos em sua banda.

Irmão Lazaro já viajou para diversos países levando belas mensagens de louvor. Seu trabalho ministerial inclui também a organização de eventos para o combate às drogas. As cruzadas reúnem milhares de pessoas e o cantor aproveita para transmitir um pouco de sua experiência de vida.

Com o projeto chamado ‘Deus conquistando a terra do axé’, Lazaro oferece o apoio necessário e indica o caminho para livrar a juventude da dependência química.

Mesmo com mais de 500 mil cópias vendidas do disco mais recente, Lazaro confessa que ainda não assimilou toda a dimensão que seu trabalho atingiu. Com a agenda sempre repleta de compromissos, Lazaro se caracteriza por cativar multidões.

O sucesso nas vendas e a dedicação ao trabalho ministerial proporcionaram grande destaque no meio gospel e Irmão Lazaro é considerado um fenômeno desse mercado.





Fernanda Brum 13/12/08

Especial na vida de muitas pessoas, Fernanda leva a palavra de Deus para quem está próximo e para todo o Brasil através de sua música.

“Estou muito feliz de estar aqui hoje. Vocês são instrumentos de Deus”, disse Fernanda.

Com seu jeito simpático e doce Fernanda não resistiu à emoção ao assistir ao depoimento de amigos e familiares. “Eu nunca tive a pretensão de não chorar, mas eu não esperava me emocionar tanto”, revelou a cantora.

No palco, alguns dos talentos do Raul Gil cantaram em homenagem à Fernanda:

Thaís SeliguerDá-me filhos (Ludmila Ferber)
Elias dos SantosQuebrando Coração (Fernanda Brum / Emerson Pinheiro)
Gabriela RochaAmo o Senhor (Fernanda Brum / Emerson Pinheiro)
André LeonnoEspírito Santo (Fernanda Brum / Emerson Pinheiro)



Conheça um pouco mais da trajetória de Fernanda Brum.

(Por Matheus Colen)

Fernanda Brum é um nome de peso na música gospel. Nascida no Rio de Janeiro, Fernanda teve contato com a música desde a infância.

Com apenas cinco anos de idade ela deu os primeiros passos acompanhando o pai nos ensaios do coral da igreja.

Durante a adolescência, Fernanda aprimorou seu estilo cantando diversos gêneros musicais.

No início dos anos 90, ela retoma suas atividades na igreja e grava o primeiro álbum em 92. Apesar de ter sido lançado com uma tiragem pequena, o trabalho projetou o nome de Fernanda Brum no cenário gospel.

Após o lançamento do primeiro disco, Fernanda Brum abre um show da cantora Shirley Carvalhaes e canta para mais de 150 mil pessoas. O destaque rendeu um contrato com uma grande gravadora do meio gospel e o segundo trabalho de Fernanda teve projeção nacional.

Lançado em 1995, o álbum “Meu bem maior” emplacou diversos hits e vendeu mais de 100 mil cópias.

Cantora e compositora de talento, Fernanda imprime nas canções suas experiências de vida e belas mensagens de louvor.

Em 1996, Fernanda Brum é reconhecida como cantora revelação do meio gospel.

A cada trabalho lançado, o alcance do ministério de Fernanda aumenta e os discos seguintes emplacam diversos sucessos nas rádios.

A declaração universal dos direitos humanos completou 60 anos no último dia 10 de dezembro. Apesar da luta pela igualdade de direitos existir a tanto tempo, muitas injustiças acontecem ao redor do mundo. Milhares de pessoas são perseguidas, discriminadas e até assassinadas por causa de sua religião.

Em 2004 Fernanda Brum tomou conhecimento da causa cristã e dois anos mais tarde lançou o álbum ‘profetizando às nações’. Parte da renda deste trabalho é destinada a missão “portas abertas”, que ajuda cristãos perseguidos em todo o mundo.

Criada pelo irmão André, a missão “Portas abertas” existe há mais de 50 anos e já ajudou milhares de pessoas. O objetivo principal da entidade é fornecer recursos para os cristãos perseguidos continuarem a praticar sua crença.

A missão portas abertas está presente em cerca de 50 países e no Brasil conta com uma embaixadora oficial que não mede esforços para ajudar!

Em 2006 Fernanda Brum é reconhecida com o prêmio de cantora do ano.

Sem esquecer dos irmãos perseguidos, Fernanda dedicou o prêmio para a cantora Helen Berhane, que foi presa dentro de um contêiner por causa de sua crença e hoje está refugiada.

Já são mais de 15 anos de estrada levando belas mensagens de louvor para todo o Brasil e atuando em causas nobres de importância internacional.

Fernanda Brum lançou 7 cd’s e 2 dvd’s. O valor de seu talento foi reconhecido com premiações expressivas.

Ela já recebeu cinco Discos de Ouro, dois de Platina e um Platina Duplo.

Nessa estrada, Fernanda pôde contar com uma companhia toda especial. O marido Emerson Pinheiro acompanha de perto a carreira da esposa e participa da produção dos álbuns de Fernanda.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário